27 de Julho de 2010

Qualquer democracia, entre outras coisas, assenta,no direito ao voto da população.Esse, se exercido com uma elevada consciência de classe, estribada no direito que as populações têm ao seu bem estar ( hospitais, saneamento base,educação, assistência materno-infantil, assistência social…)da-lhes o direito reivindicativo de exigir daqueles que lhes pedem o seu voto para serem governantes que tenham o mínimo de consideração por elas.Neste caso o procedimento isolado de uma minoria comprometeu o poder reivindicativo da maioria.O correcto seria exigir o cumprimento de todas promessas eleitorais.É com o poder do voto que os Povos democráticos decidem quem querem que os governe.Infelismente a História está cheia de exemplos que nos mostram que os governantes depois de alcançarem o poder se esquecem das promessas feitas durante as campanhas eleitorais.Cabe aos eleitores alterarem esse estado de coisas.Na altura do exercício de voto é que o eleitor, com o poder que lhe dá o direito que tem em votar, deve disciplinar a classe política.Se nessa altura todos que forem votar anularem, por exemplo, o seu boletim de voto, quem elegiriam os partidos para governar?Em São Tomé para além da beleza da paisagem, ùnica, há as penas e tantos sonhos por cumprir, prometidos a todos aqueles que viveram o seu tempo, de pé e que agora dizem: aqui estamos e merecemos o que nos têm negado. Pensem nisso Povo de São Tomé

publicado por paraisoverde às 18:18

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
28
29
30
31


arquivos
2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO